352 online
Waly Salomão
Nasceu a 03 Setembro 1943
(Jequié, Bahia, Brasil)

Morreu em 05 Maio 2003
(Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil)

Waly Dias Salomão foi um poeta brasileiro. Era filho de sírio com uma sertaneja, formou-se em Direito pela Universidade Federal da Bahia em 1967, mas nunca exerceu a profissão.
wer54w66sf32re2
 
Waly Salomão nasceu em Jequié, Bahia, em 1943. Estreou em 1972, com o livroMe segura qu'eu vou dar um troço, escrito na prisão. Neste mesmo ano, editaria, com Torquato Neto, a importantíssima revistaNavilouca, revista de número único em que colaborariam poetas e artistas de vertentes est-É-ticas vistas, muitas vezes, como divergentes: Haroldo de Campos, Chacal, Lygia Clark, Ivan Cardoso, Décio Pignatari, Caetano Veloso, Helio Oiticica, Stephen Berg, Luiz Otávio Pimentel, Rogério Duarte, Duda Machado e Óscar Ramos. A convergência de todas as divergências parecia ser o projeto de Waly Salomão, como sentimos em seu nascimento, tanto com aNavilouca como com as colagens emMe segura qu'eu vou dar um troço. Nesse aspecto, ele pode ser ligado a outros aterradores de trincheiras, costureiros de feridas, como seu companheiro Torquato Neto, mas também Ana Cristina Cesar e Paulo Leminski. Publicaria ainda os livrosAlgaravias (1996),Lábia (1998),Tarifa do Embarque (2000),O Mel do Melhor (2001) e o póstumoPescados Vivos (2004).  O poeta morreu no Rio de Janeiro, em 2003.
 
---Ricardo Domeneck