João Garcia de Guilhade



Trovador galego-português, um dos mais notáveis. Dos seus textos deduz-se que viveu na área de Barcelos, tendo provavelmente frequentado a corte de D. Afonso III. Permaneceu alguns anos na corte de Afonso X (rei de Leão e Castela). Conservam-se 53 textos deste autor (nos géneros de cantigas de amor, de amigo e de escárnio e maldizer) nos vários cancioneiros medievais portugueses. Cultivou, por vezes ironicamente, e de maneira deformada, os vários tipos de composição poética, destacando-se pelo seu humor, de que por vezes se torna ele próprio objecto. De estilo gracioso, introduziu ou desenvolveu de forma original alguns dos motivos da poesia trovadoresca.