Raimundo Correia



Nasceu a 13 Maio 1859
(Barra da Magunça, Maranhão, Brasil)

Morreu a 13 Setembro 1911
(Paris, França)

Raymundo da Motta de Azevedo Corrêa foi um juiz e poeta brasileiro.
Raimundo Correia (Barra da Magunça MA 1859 - Paris França 1911) teve seu primeiro livro de poesia, Primeiros Sonhos, publicado em 1879. Nos anos seguintes, foi redator da Revista Ciência e Letras e colaborador dos jornais A Comédia, Entr'ato e O Boêmio. Formou-se em Direito, em São Paulo, em 1882; no mesmo ano mudou-se para o Rio, onde entrou para a magistratura. Em 1883, sairia seu livro de poemas Sinfonias; seguiriam-se Versos e Versões, 1883/1886 (1887), Aleluias, 1888/1890 (1891) e Poesias (1898). Foi membro-fundador da Academia Brasileira de Letras, em 1897, mesmo ano em que secretariou a legação brasileira em Lisboa. O poeta forma, com Olavo Bilac e Alberto de Oliveira, a tríade fundamental do Parnasianismo brasileiro. Foi um sonetista admirável e, segundo Manuel Bandeira, autor de “alguns dos versos mais misteriosamente belos da nossa língua."