250 online
Florbela Espanca
Nasceu a 08 Dezembro 1894
(Vila Viçosa)

Morreu em 08 Dezembro 1930
(Matosinhos)

Florbela Espanca, batizada como Flor Bela de Alma da Conceição Espanca, foi uma poetisa portuguesa.
wer54w66sf32re2
 
Título Visto Gosto Favorito Coments Livro Dat
/pt/t/1735/amarAmar105893802540Poema
/pt/t/1576/ser-poeta-e-ser-mais-altoSer poeta é ser mais alto18721177214231Poema
/pt/t/1568/fanatismoFanatismo11830136320107Poema
/pt/t/10270/eu-sou-a-que-no-mundo-anda-perdidaEu sou a que no mundo anda perdida979490640Poema
/pt/t/1575/beija-mas-bemBeija-mas bem!9062666138Poema
/pt/t/1570/o-nosso-mundoO nosso mundo93286481165Poema
/pt/t/1572/em-ti-o-meu-olhar-fez-se-alvoradaEm ti o meu olhar fez-se alvorada8420535291Poema
/pt/t/1567/languidezLanguidez82774950126Poema
/pt/t/1573/aqueles-que-me-tem-muito-amorAqueles que me têm muito amor84694710530Poema
/pt/t/10448/noite-de-saudadeNoite de saudade932145000Poema
/pt/t/10635/da-minha-janelaDa minha janela847345120Poema
/pt/t/1571/nao-serNão ser81894550143Poema
/pt/t/2921/os-versos-que-te-fizOs versos que te fiz1006943122174Poema
/pt/t/1569/fumoFumo82734261111Poema
/pt/t/10403/a-vidaÀ vida775340310Poema
/pt/t/1880/saudadesSaudades462640200Poema
/pt/t/10177/a-morteÀ morte728539050Poema
/pt/t/1734/desejos-vaosDesejos vãos421835000Poema
/pt/t/10245/o-teu-olharO teu olhar951531230Poema
/pt/t/10210/loucuraLoucura724825100Poema
/pt/t/2903/euEu388320400Poema
/pt/t/1748/se-tu-viesses-ver-meSe tu viesses ver-me431619700Poema
/pt/t/1812/teus-olhosTeus olhos383318100Poema
/pt/t/9873/lagrimas-ocultasLágrimas Ocultas400916400Poema
/pt/t/2924/odioÓdio?345616000Poema
/pt/t/1801/vaidadeVaidade333815200Poema
/pt/t/1796/princesa-desalentoPrincesa Desalento349813200Poema
/pt/t/1733/horas-rubrasHoras Rubras363311000Poema
/pt/t/1769/inconstanciaInconstância347411000Poema
/pt/t/10463/suavidadeSuavidade649110020Poema
/pt/t/10468/navios-fantasmasNavios-fantasmas489310000Poema
/pt/t/1756/torturaTortura34208000Poema
/pt/t/2920/o-meu-orgulhoO meu orgulho33898200Poema
/pt/t/2915/amor-que-morreAmor que morre37497100Poema
/pt/t/5971/vozes-do-marVozes Do Mar34497000Poema
/pt/t/1805/tarde-de-maisTarde de mais33237000Poema
/pt/t/9866/ao-ventoAo Vento35816010Poema
/pt/t/2912/a-uma-raparigaA uma rapariga35286000Poema
/pt/t/1741/charneca-em-florCharneca em Flor35026000Poema
/pt/t/1818/sem-remedioSem remédio35016000Poema
/pt/t/10382/toledoToledo39635000Poema
/pt/t/9874/voz-que-se-calaVoz Que Se Cala37475000Poema
/pt/t/5965/amigaAmiga35925000Poema
/pt/t/1761/nostalgiaNostalgia35455000Poema
/pt/t/5972/anseiosAnseios34495100Poema
/pt/t/1755/mais-altoMais Alto34375000Poema
/pt/t/1937/volupiaVolúpia33435000Poema
/pt/t/1995/a-nossa-casaA nossa casa32995000Poema
/pt/t/5956/silencioSILÊNCIO!37254000Poema
/pt/t/10174/sem-tituloSem título36034000Poema
/pt/t/5968/poetasPoetas35984000Poema
/pt/t/2898/alma-perdidaAlma perdida35894200Poema
/pt/t/5969/folhas-de-rosaFolhas De Rosa35004000Poema
/pt/t/5980/tedioTédio33844000Poema
/pt/t/2904/misterioMistério33744100Poema
/pt/t/1770/tarde-no-marTarde no mar33404000Poema
/pt/t/1825/minha-culpaMinha culpa33034000Poema
/pt/t/1902/cancao-grataCanção grata32114000Poema
/pt/t/10369/nihil-novumNihil novum41163000Poema
/pt/t/9872/o-meu-impossivelO Meu Impossível38393100Poema
/pt/t/5970/suplicaSúplica34643000Poema
/pt/t/2919/que-importaQue importa?34033000Poema
/pt/t/2902/realidadeRealidade33973000Poema
/pt/t/2908/ambiciosaAmbiciosa33803100Poema
/pt/t/5959/a-maior-torturaA maior Tortura33413000Poema
/pt/t/1900/exaltacaoExaltação32613100Poema
/pt/t/2909/de-joelhosDe joelhos32453000Poema
/pt/t/5974/baladaBalada32323000Poema
/pt/t/2914/os-meus-versosOs meus versos32253000Poema
/pt/t/5964/versos-de-orgulhoVersos de orgulho32193000Poema
/pt/t/9878/escreve-meEscreve-Me38482010Poema
/pt/t/5975/sonhosSonhos38392000Poema
/pt/t/2913/he-hum-nao-querer-mais-que-bem-quererHe hum não querer mais que bem querer38082200Poema
/pt/t/2910/crucificadaCrucificada34172000Poema
/pt/t/5967/cantigas-leva-as-o-ventoCantigas Leva-as o Vento33772000Poema
/pt/t/2916/sobre-a-neveSobre a neve32232000Poema
/pt/t/4094/fremito-do-meu-corpoFrémito do meu corpo32212000Poema
/pt/t/5958/arvores-do-alentejoÁrvores do Alentejo31752000Poema
/pt/t/5973/nunca-maisNunca Mais!35651000Poema
/pt/t/2901/rusticaRústica35561000Poema
/pt/t/5982/esperasEsperas35491000Poema
/pt/t/4030/a-tua-voz-na-primaveraA tua voz na primavera33911000Poema
/pt/t/9871/maria-helena-falcao-risquesMaria Helena Falcão Risques33281000Poema
/pt/t/2922/a-noite-desceA noite desce33231000Poema
/pt/t/2918/o-nosso-livroO nosso livro33101000Poema
/pt/t/2905/supremo-enleioSupremo enleio31491000Poema
/pt/t/5976/so37190000Poema
/pt/t/2911/in-memoriamIn memoriam33060000Poema
/pt/t/36891/ama-se-quem-se-ama-eAma-se quem se ama e2110000Citação
/pt/t/23691/ha-uma-primavera-em-cadaHá uma primavera em cada1740000Citação
/pt/t/36890/o-meu-mundo-nao-eO meu mundo não é1710000Citação
/pt/t/36887/dizes-tu-que-os-livrosDizes tu que os livros1660000Citação
/pt/t/36894/a-felicidade-na-vida-eA felicidade na vida é1610000Citação
/pt/t/36847/o-silencio-e-as-vezesO silêncio é às vezes1600000Citação
/pt/t/36897/a-vida-e-apenas-istoA vida é apenas isto:1530000Citação
/pt/t/36877/lembra-te-que-o-tempo-tudoLembra-te que o tempo tudo1510000Citação
/pt/t/36861/perdoo-facilmente-as-ofensas-masPerdoo facilmente as ofensas, mas1480000Citação
/pt/t/36892/nasci-sensitiva-e-assim-hei-deNasci sensitiva e assim hei-de1430000Citação
/pt/t/36853/a-amizade-e-o-maiorA amizade é o maior1430000Citação
/pt/t/36851/estou-cansada-cada-vez-maisEstou cansada, cada vez mais1410000Citação
/pt/t/36864/neste-mundo-so-temos-certaNeste mundo só temos certa1400000Citação
/pt/t/36869/sou-bem-diferente-sou-dasSou bem diferente, sou, das1400000Citação
/pt/t/36857/eu-nao-sou-boa-nemEu não sou boa nem1390000Citação
/pt/t/23692/quem-disser-que-pode-amarQuem disser que pode amar1330000Citação
/pt/t/36871/eu-nao-sou-muito-maEu não sou muito má,1330000Citação
/pt/t/36880/conheco-maus-egoistas-estupidos-velhacosConheço maus, egoístas, estúpidos, velhacos,1290000Citação
/pt/t/36858/toda-a-mulher-que-acarinhaToda a mulher que acarinha1290000Citação
/pt/t/36850/se-penetrassemos-o-sentido-daSe penetrássemos o sentido da1280000Citação
/pt/t/36893/nao-ha-dores-eternas-eNão há dores eternas, e1280000Citação
/pt/t/36886/eu-sou-apenas-poetisEu sou apenas poetisa: poetisa1280000Citação
/pt/t/36898/quem-disser-que-pode-amarQuem disser que pode amar1270000Citação
/pt/t/36895/a-vida-e-sempre-aA vida é sempre a1250000Citação
/pt/t/36856/eu-julgo-que-a-mulherEu julgo que a mulher1250000Citação
/pt/t/36852/e-pensando-nos-homens-queÉ pensando nos homens que1180000Citação
/pt/t/36873/digo-o-que-penso-eDigo o que penso e,1180000Citação
/pt/t/36866/viverei-com-certeza-um-tercoViverei com certeza um terço1160000Citação
/pt/t/36888/sou-uma-criatura-que-necessitaSou uma criatura que necessita1150000Citação
/pt/t/36854/pena-e-nao-haver-umPena é não haver um1150000Citação
/pt/t/36885/para-que-alcancar-os-astrosPara quê alcançar os astros!?1140000Citação
/pt/t/36874/entusiasmo-me-as-vezes-mas-duraEntusiasmo-me às vezes, mas dura1140000Citação
/pt/t/36862/afinal-quem-e-que-temAfinal, quem é que tem1130000Citação
/pt/t/36860/apesar-de-tudo-a-loucuraApesar de tudo, a loucura1130000Citação
/pt/t/36848/de-tudo-o-que-nosDe tudo o que nós1130000Citação
/pt/t/36845/para-as-traicoes-para-asPara as traições, para as1120000Citação
/pt/t/36870/a-ociosidade-e-a-maeA ociosidade é a mãe1120000Citação
/pt/t/36881/dizes-contentar-te-com-pouco-eDizes contentar-te com pouco; é1120000Citação
/pt/t/36882/em-tudo-eu-vejo-sempreEm tudo eu vejo sempre1110000Citação
/pt/t/36899/a-ironia-e-a-expressaoA ironia é a expressão1110000Citação
/pt/t/36844/eu-nao-sou-como-muitaEu não sou como muita1110000Citação
/pt/t/36883/e-sempre-dificil-conhecer-se-aÉ sempre difícil conhecer-se a1090000Citação
/pt/t/36868/tenho-que-aprender-o-queTenho que aprender o que1090000Citação
/pt/t/36867/a-unica-coisa-que-consolaA única coisa que consola1080000Citação
/pt/t/36863/um-retrato-e-apenas-aUm retrato é apenas a1080000Citação
/pt/t/36884/os-livros-e-oOs livros - é o1080000Citação
/pt/t/36879/nao-ligo-assim-uma-importanciaNão ligo assim uma importância1080000Citação
/pt/t/36849/acho-que-e-no-casamentoAcho que é no casamento1080000Citação
/pt/t/36859/nao-costumo-acreditar-muito-nosNão costumo acreditar muito nos1080000Citação
/pt/t/36846/tao-pobres-somos-que-asTão pobres somos que as1070000Citação
/pt/t/36876/o-meu-talento-de-queO meu talento!... De que1070000Citação
/pt/t/36889/tu-julgas-entao-que-euTu julgas então que eu1060000Citação
/pt/t/36878/se-eu-tivesse-saude-eSe eu tivesse saúde e1050000Citação
/pt/t/36855/o-costume-portugues-e-deixar-seO costume português é deixar-se1050000Citação
/pt/t/36865/e-uma-resposta-aos-queÉ uma resposta aos que1040000Citação
/pt/t/36896/olhe-que-a-unica-maneiraOlhe que a única maneira1040000Citação
/pt/t/36872/a-poesia-nao-comporta-gralhasA poesia não comporta gralhas1010000Citação
/pt/t/36875/nao-quero-criar-em-voltaNão quero criar em volta920000Citação