Belchior Manuel Curvo Semedo

Belchior Manuel Curvo Semedo
Belchior Manuel Curvo Semedo Torres de Sequeira, conhecido por Curvo Semedo foi um poeta português, cavaleiro professo da Ordem de Cristo, fidalgo da Casa Real, moço fidalgo da câmara do Príncipe Regente e primeiro-tenente do Real Corpo de Engenheiros. Foi um dos nomes mais importantes do movimento literário Nova Arcádia, de que foi co-fundador em 1790 e em que usou o nome de Belmiro Transtagano. Desempenhou durante muitos anos o cargo de escrivão da Alfândega de Lisboa.
Nasceu a 01 Janeiro 1766 (Montemor-o-Novo)
Morreu em 1838 (Lisboa)
Wikipedia Comentários Gostos Seguidores
Poeta português, natural de Montemor-o-Novo. Membro da «Nova Arcádia», tinha nessa sociedade o nome de Belmiro Transtagano. Foi fidalgo da Casa Real, cavaleiro da ordem de Cristo e, ainda, capitão do corpo de engenheiros e escrivão dos portos. Embora fosse também autor de apólogos e ditirambos, celebrizou-se sobretudo pela sua Tradução das Melhores Fábulas de La Fontaine (1820), que incluem muito de recriação pessoal. Conheceu alguma celebridade pela inclusão frequente de textos seus em selectas escolares. Conhecido como o «La Fontaine Português», é ainda autor de Composições Poéticas (1803-1835) e da Ode na Feliz Exaltação ao Sólio Português do Senhor D. Miguel I (1828).