Boris Pasternak

Boris Pasternak
Boris Leonidovitch Pasternak foi um poeta e romancista russo.
Nobel
Nasceu a 10 Fevereiro 1890 (Moscovo)
Morreu em 30 Maio 1960 (Peredelkino)
Comentários
Boris Pasternak foi um poeta e prosador russo, nascido em Moscou a 29 de janeiro de 1890. Filho do pinto Leonid Pasternak (1862 – 1945), fez parte da chamada Era de Prata da poesia russa, que vários críticos declaram começar com  Alexander Blok e seguir com os companheiros de geração de Pasternak: Anna Akhmátova, Marina Tsvetáieva, Óssip Mandelshtam, Vladimir Maiakóvski, Vélimir Khlébnikov, e tantos outros. Foi um dos parcos a sobreviver aos expurgos estalinistas. Sobre o efeito dos expurgos, recomendo o incrível ensaio de Roman Jakobson, A geração que desperdiçou seus poetas (1930), e o filme de Semion Aranovich,Os Arquivos de Anna Akhmátova (1989), que pode ser visto abaixo na íntegra, com legendas em inglês.
 
 
  
Semion Aranovich, Os Arquivos de Anna Akhmátova (1989)
Seu livro Minha Irmã, Vida (1922) foi uma das coletâneas de poemas mais influentes do século XX em seu país. Seu romance Doutor Zhivago rendeu-lhe o Prêmio Nobel em 1958, o qual foi obrigado a recusar. Italo Calvino dedicou um belo ensaio ao romance, "Pasternak e a Revolução", em seu livroPor Que Ler Os Clássicos?.
 
Boris Pasternak morreu em sua dacha, em Peredelkino, a  30 de maio de 1960.   Agradeço a Fabiano Calixto por disponibilizar o texto da tradução de Augusto de Campos.
 
 
 
 
--- Ricardo Domeneck