102 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Diogo Brandão

Diogo Brandão
1981 visualizações
 
Poeta português natural do Porto. Presente no Cancioneiro Geral de Garcia de Resende, onde os seus poemas se destacam pela quantidade e variedade e pela apresentação de algumas inovações prosódicas. Deve-se a ele a introdução na literatura portuguesa da ideia petrarquista do poeta como ser solitário, que tem na natureza o seu único confidente. Da sua obra destacam-se os poemas «À Morte de d'el-rei D. João II», onde faz um resumo histórico dos antecessores do monarca e aproveita para glorificar Portugal, e o longo poema «Fingimento de Amores», influenciado pelo marquês de Santillana e por Dante