Frederico Barbosa

Frederico Barbosa
Jabuti
Nasceu a 20 Fevereiro 1961 (Recife PE)
Comentários
Frederico Barbosa (Recife PE 1961) começou a cursar Física, mas terminou por formar-se em Letras, na Universidade de São Paulo, em 1985. Na época, já publicara poemas em revistas como Polímica, Corpo Extranho, Através, Brica-Brac, Exu. Professor de Português e resenhista literário, em 1986 teve poemas publicados na revista Dactylus, da Universidade do Texas. Seu primeiro livro, Rarefato, saiu em 1990; seguiu-se Nada Feito Nada (1993), com o qual ganhou o Prêmio Jabuti de Poesia de 1994. Em 1997 teve dois poemas incluídos na antologia bilíngüe Nothing the Sun Could Not Explain, organizada por Michael Palmer, Régis Bonvicino e Nelson Ascher. Sua obra mais recente é Contracorrente (2000). Herdeiro do concretismo dos irmãos Campos e do rigor formal de João Cabral de Melo Neto, Frederico Barbosa é considerado por Antonio Candido "capaz de reinventar, dentro de parâmetros que deixam para trás muitas convenções e lhe permitem fazer algo novo", o que o tornaria um dos poetas mais importantes de sua geração.