595 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85290 visualizações
17 2 2
 

Dinheiro


Denários, 
O que teu poder esconde? 
Vida e morte em teu rastro, 
Lágrimas, suor e sangue, 
Alegria, tristeza e embaraço, 
E das trocas injustas o laço. 
Serpenteia entre os séculos, 
Com suas mãos de duas faces, 
Afagando as premissas da bondade, 
Enquanto o mal sorrateiro sorri. 
Dos sonhos aos pesadelos, 
Segue a barca do inferno, 
As margens do paraíso, 
Nos umbrais da consciência; 
Em seus mundos capitais. 
Denário em pátrias multiformes, 
Obscura flor em jardins estranhos, 
Estulta justiça embotada, 
Visões fronteiriças do bem e do mal,
Peneirando homens.