601 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85307 visualizações
17 2 2
 

soneto dos sonetos


Duas estrofes e quatro versos 
Constância da emoção, 
Três versos a comoção 
Sonetar de amores confessos. 

Petrarca a Shakespeare um universo 
Odisseia humana ao coração, 
Do céu a condenação 
Paralelos sonhos inversos. 

Vagar de ideias impresso, 
Vida desaguando em sentimentos 
Realidades e ilusões ingressam. 

Humana dor disperso, 
Que a oração alivie o sofrimento 
Que minh'alma não seja objeto.