591 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85270 visualizações
17 2 2
 

Vaidade


Não macule meu afeto nesta veneração,
Não invoque meu riso manifesto,
Minhas trovas conjuram seu labor,
Aclama meu garboso amor,
Impassível primazia dos versos,
Díspares em formosura.
Enuncio o abstrato das coisas,
Axioma outrora bucólico,
Atrofiado na penúria lírica,
Esta vastidão do meu coração,
Nefasto martírio de faces assombrosas.