592 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85276 visualizações
17 2 2
 

Glacial


Frígida exiguidade aporta,
Esvaído desejo mordaz,
Negrura aurora desnuda,
Amargo desterro sob o sol,
Luxúria das estações,
Solitário açoite de injúrias.
A morte atavia minha voz,
Embargada de tempestade,
Cúmplice alma sentenciada,
Vestida em núpcias invernal,
Lua de sangue amargo exílio.
Os lírios murcharam a noite,
Tal qual minha alegria,
Maculada em trágico destino,
Estrada infesta de ódio,
Rastro imundo maculado.
De mãos trêmulas sigo,
Arrastando os pés cansados,
Fiel denúncia do meu olhar,
Venial paraíso insólito,
Entre pedras e espinhos.