208 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85373 visualizações
17 2 2
 

Avidez


Somente este coração,
Temerária chama,
Infundo pesar.
Casto éden insípido prado,
Ausente ilusão,
Pernoite sem melodia,
Torrente furtiva,
Manancial brejeiro.
Impetuosa sorte,
Beligerante fado,
Astro de esgalho,
Desmedido clarão,
Distinto embaraço,
Figura asombrada.
Repouso tão alvo,
Ósculo enlevado,
Além da lua,
Êxtases apenas.