619 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85321 visualizações
17 2 2
 

Gênero


Diga-me quem sois, 
Nestas abstrações ao ocaso, 
Este dualismo intransigente, 
De identidades estranhas, 
Ao primeiro amor que se perdeu. 
Ao viril e feminil embate, 
Onde está o pecado? 
Livre arbítrio de quem? 
Desobediência dos tolos? 
Liberdade a estirpe que cria, 
Sem intenções sobrepostas a natureza. 
Ao conceito universal, 
Vai a lubricidade selvagem, 
Em seus imperativos fatigantes, 
Contrassenso entre as massas, 
De ilusões multifacetadas, 
Revestidas de tempestades, 
Opoentes ao bem Divino. 
Segue a rebeldia entre falácias, 
Em seus discursos vazios, 
Sementes entre pedras, 
A construírem o próprio túmulo.