587 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85273 visualizações
17 2 2
 

Em algum Lugar


Parti sem ter chegado,
Na estrada sigo,
Sem saber qual o meu destino,
Este caminhar insípido,
Entre as distrações do infortúnio,
Amores irrequietos em perfídia,
Corações vegetativos vertiginosos,
Em seus olhares capciosos,
Cheios de si e tão vazios,
Vagueando entre os nós da alma.
Fingi amor para não me perder,
Contrapondo o juízo alquebrado,
Sem entender a dor de nunca ter sido,
Ou ter tido as outorgas da vida,
Capricho sanguinário de mim.
Meus pés sujos de lama,
Denunciam o meu pesar,
Esta voz moribunda,
Cerceada pelo tempo.