105 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85570 visualizações
17 2 2
 

Considerações


Hoje acordei e olhei para o céu, 
Sabe o que eu vi? 
Nada além de nuvens, 
No meu corpo, 
Uma moleza gigantesca, 
Me possuindo pelos poros, 
Fazendo-me espreguiçar, 
Olhando para fora da janela, 
Sem saber para onde, 
Totalmente ignoto. 
Adentrei-me à sala, 
Liguei a TV, 
Deparei-me com o de sempre, 
Desliguei-a num instante, 
Não desejava aumentar o meu desânimo, 
Diante de um cenário nada positivo, 
Tragédias difusas, 
Tal qual minhas incertezas. 
Sem pestanejar, 
Acendi um cigarro, 
Sentei-me na varanda, 
A olhar os transeuntes, 
Em suas máscaras de ferro, 
Afoitos e corriqueiros, 
Em seus traços mórbidos, 
Herança da morte, 
Em olhares contrafeitos, 
De uma subsistência em farrapos.