226 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85418 visualizações
17 2 2
 

Semblante


Contíguo arfar entre arbítrios, 
Vértice temporal da liberdade, 
Prisma intrauterino da alma, 
Pulsação fenecida entre corpos, 
A personificar a carne entediada. 
Do espelho reverbera pena, 
Adejado lume vicioso, 
Infesta flor arraigada, 
Perfumando mortos, 
Estirões emulgentes. 
Singular face à terra venera, 
Olhares óbvios, 
Figuras do subsistir, 
Acenando ao fim aguardado.