603 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85314 visualizações
17 2 2
 

Estação


O tempo corre incluso em seus detalhes,
Espectável liberdade ao fim do dia,
Começo da noite regressa a esperança,
Sublime melodia afrontando a morte,
Contínuo acercar da grata senilidade.
Seixos brutos terrificam a carne,
Sulcos latejantes da vida que arde,
Feitos folhas da alma etéreo outono,
Condimentando a terra nobre leito,
Ao último olhar deslumbrado.
A árvore volta a ser semente,
Pó de estrelas elixir da criação,
Escol imortal da existência,
Eternizando a humanidade recolhida,
A brincar com a brisa leve.