Coisas da minha cabeça.

Amor. Detesto amar,
assim como odeio respirar.

Deveria ser fácil,
modesto e cego.
Mas para mim,
nunca deu certo.

Penso sempre em que fazer,
falar, contar?, eu não sei.

Consigo ver,
apalpar, sentir,
mas modelar nunca foi para mim.

Quero muito,
nunca nego,
apesar de as vezes me pegar desperso.

Aquele cabelo,
aquela cor,
estou apaixonado com fervor.

Talvez detestar não seja tão ruim.
85
1

Véase también



A quién le gusta

A quién le gusta

Seguidores