87 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Antero Coelho Neto

Antero Coelho Neto
7770 visualizações
1 2
 

A Criança do meu Passado


A criança chorou longe,
enquanto o tempo de hoje
se fez presente em mim.

Assim o fato de agora
perturba o homem em si
e a criança chora longe.

Sinto o choro distante,
cada vez mais, na imagem
do passado que lembro.

São soluços e são gritos
de fome, raiva e desespero
que hoje ainda persistem.
São diferentes os sentimentos,
mas continuam os mesmos
soluços e gritos da alma.
A criança de ontem
perde-se muito na lembrança,
mas é a mesma que chora agora