103 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Marcus Accioly

Marcus Accioly
Marcus Morais Accioly, é um poeta brasileiro de Pernambuco.
11584 visualizações
3
 
Marcus Accioly (Aliança (Engenho Laureano) PE, 1943) publicou seu primeiro livro de poesia, Cancioneiro, em 1968. No ano seguinte concluiu o curso de Direito na Universidade Católica de Pernambuco, em Recife PE. Em 1972 recebeu o Prêmio Recife de Humanidades pelo livro Nordestinados (1971). Publicou, em 1974, Xilografia e, em 1980, Guriatã, que ganhou o Prêmio Fernando Chinaglia, concedido pela União Brasileira de Escritores. Guriatã também recebeu a Láurea Altamente Recomendável para o Jovem, concedida pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Em 1985 recebeu o Prêmio de Poesia, pelo livro Narciso (1984), concedido pela Associação Paulista dos Críticos de Artes, e o Prêmio Olavo Bilac, concedido pela Academia Brasileira de Letras, também por Narciso. Sua obra poética inclui ainda Sísifo (1976), Poética (1977), Íxion (1978 ), Ó(de) Itabira (1980), P/Bara(ti)nação (1986) Érato (1990) e O Jogo dos Bichos (1990). A crítica Nelly Novaes Coelho afirmou, sobre o poeta: "Pertencendo ao grupo de escritores e artistas nordestinos que, dos anos 60 para cá, tem mergulhado nas raízes populares, de origem ibero-lusitana, latentes nos Romanceiros e Cancioneiros, na Literatura de Cordel e nas Cantorias, na Música, nas Gravuras e Esculturas primitivas, Marcus Accioly é dos poetas que hoje tentam recuperar a poesia em sua natureza primitiva: a palavra que nasceu do canto e se perpetua na voz popular".