226 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85428 visualizações
17 2 2
 

Hoje o tempo.....


Hoje o tempo parou, 
Chorou comigo os mortos, 
Sem credo, cor ou raça, 
Opúsculo das massas, 
Em corpos sem valor. 
Hoje o tempo sentiu fome, 
Na barriga vazia, 
Dor de irmãos famintos, 
Na obscuridade de seus lamentos, 
Segredando a esperança os sonhos. 
Hoje o tempo orou, 
Nas lágrimas dos desconhecidos, 
Da dignidade banidos, 
Enquanto destruíam suas casas, 
Refúgio manchado de tristeza. 
Hoje o tempo gritou, 
Não foi ouvido, 
Após um estampido, 
Sentiu a alma saltar, 
Sem saber para onde. 
Hoje o tempo, 
Reuniu as preces universais, 
Entregou ao amor, 
Sabendo em si a hora, 
Da purificação que aflora. 
Hoje o tempo, 
Abraçou a noite e o dia, 
Nos corações empedernidos, 
Tentando salvar o ser, 
Do sangue e morte embebido.