216 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85377 visualizações
17 2 2
 

Desvario


De onde vens selvagem ser, 
Neste vácuo pensamento, 
Néscio em seus ditames, 
Negando a si mesmo, 
Antilógico existir em rudeza. 
A inépcia tragou o seu juízo, 
Hermético cisma na criação, 
Repugnância da reflexão maldita, 
Do filho infiel em suas prisões, 
Lodaçais de ideias difusas, 
A devorar seu ego apodrecido. 
Rasga-te se não és, 
Inconcebível criatura oca, 
De boca infecunda neste caos, 
Que te consome, 
Em seus declínios inconsistentes, 
Monstro insolente em seus escrutínios, 
Vomitando insanidades, 
Duplicação insólita da ignorância.