233 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85450 visualizações
17 2 2
 

Unicidade


Meu ser quer escultar a tua alma, 
Te amar na tua feminilidade constituindo-te, 
Seduzindo tua essência a cada olhar, 
Enamorando-se de tua intimidade feito poesia, 
Rendendo-se aos versos dos teus encantos, 
A fundir sonhos nas asas do espírito. 

Meu ser ao teu amor sossega, 
Ávido desejo ao teu, 
Murmúrios do meu coração em teus poros, 
Singularidade dos nossos pensamentos, 
Ao preciso prazer reservado, 
Majestoso conúbio, ósculo do paraíso. 

Meu ser é todo teu além do tempo, 
Recriando estrelas todas as noites, 
Imagem cintilante do teu sorriso, 
Quando nossos braços se entrelaçam, 
Incansável completude de felicidade, 
Aconchego dos teus lábios beijando-me. 

Se faltarem palavras para descrevê-la, 
Por certo meu ser as inventará, 
Buscará no infinito os maiores significados, 
Para expressar a beleza das evidências, 
Feito um barco a vela apaixonado pelo vento, 
A velejar no teu mar de emoções. 

Meu ser te amará para sempre,
Sem deixá-la partir da nossa eternidade, 
O incompreensível  findar da existência, 
Será a mansão das nossas núpcias infindas, 
Inspirando o amor entre as dimensões invisíveis, 
Unidos sob a confluência do universo.