626 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85328 visualizações
17 2 2
 

Pecado


Foi a rosa causa do teu encanto, 
A ofereci como quem poetiza o amor, 
Teus olhos sorriram brilhantes, 
Acenando com os lábios o convite, 
Quando de mãos estendidas, 
Recebeu de mim o fresco presente, 
Colhido com zelo no jardim. 

Beijei tuas mãos suavemente, 
Antevisão dos teus braços nos meus, 
Dançando sublimes em sedução, 
Sentindo o perfume dos teus cabelos, 
Distração do meu corpo cativo, 
Em insana loucura atraído, 
Selvageria suave do meu silêncio. 

És uma feiticeira cruel linda donzela, 
Capaz de fazer tremer minha coragem, 
Que de tanto desejo entregou-se, 
Fazendo-me escravo dos teus mimos, 
Deixando meu coração a mercê da tua vontade, 
Espada afiada que me corta a sobriedade, 
Declarado amor meu peito evoca.

Sirlânio Jorge Dias Gomes