Victor Azevedo

Victor Azevedo

1986-03-23 Mariana - Minas Gerais
8054
0
2

Oração do Sonho

Cabe a mim, rezar.
Rezar que se faça
Sombra tranquila
Da infelicidade.


Que se faça quieto
O sono que acorda,
Espasmódico,
Quando já é tarde.


Que se façam amáveis
As carícias suaves
Das mãos que passeiam
Sem entraves.


Que as pernas cansadas
Cambaleiem em danças!
Contra-tempos e vaidades,
São dispensáveis.


Que as mãos que labutam
Não persigam condutas,
Daqueles que amam
o veneno na semente.


Que os olhos que enxerguem
Se façam astutos e vejam,
irresolutos, a construção
de novas mentes.


Que esse Homem se erga,
Sapiens, cogite a sensatez
absurda, fazer de si um ser,
emancipado em absoluto.
923
0


Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores