Lígia Diniz

1951-10-19 Rio de Janeiro
4155
0
0

O que foi amor (não é mais)

Hoje preciso me lembrar de mim para penar em ti
E nunca me lembro de mim
Me esqueço de ti
Estás sempre lá e não.

Não te vejo, não te procuro
Só te encontro quando me abro pela porta do jardim
Mas me abro sempre pela porta da sala.
Eu não te encontro mas estás lá.

E quando te vejo não sorris
Quando te encontro foges de mim
Me perdoe por pensar em ti

E me perdoe por não pensar em mim
Prefiro continuar assim, forte
Quero passear no jardim. E voltar.

367
0


Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores