Bernardim Ribeiro

Bernardim Ribeiro

Bernardim Ribeiro foi um escritor e poeta português renascentista. A sua principal obra é a novela Saudades, mais conhecida porém como Menina e Moça.

1482-01-01 Torrão, Álcacer do Sal
1552 Lisboa
10245
0
8

Escritor português, cuja biografia se desconhece. Algumas referências na sua obra, que se supõe serem autobiográficas, levam a pensar que seria natural da actual Vila do Torrão (Alentejo), e certas conjecturas feitas a propósito da segunda edição de Menina e Moça apontam para que tenha morrido antes de 1557. Frequentou a corte, onde foi poeta conhecido, já que figura entre os colaboradores do Cancioneiro Geral de 1516, de Garcia de Resende, e Sá de Miranda refere-se-lhe, em obras suas, como amigo e companheiro de letras, afirmando que, com as suas éclogas, Bernardim foi o introdutor do bucolismo em Portugal. A sua obra mais celebrada é Menina e Moça, de que há três versões. A primeira foi editada, em 1554, em Ferrara, pelo judeu português exilado Abraão Usque, o que apoia a tese de alguns ensaístas, nomeadamente Hélder de Macedo, em Do Significado Oculto da Menina e Moça, acerca do judaísmo de Bernardim Ribeiro. Isto daria à obra, de estrutura aparentemente inconclusa, um significado cifrado que constitituiria a representação esotérica da comunidade judaica no exílio. Tal tese surge apoiada ainda em outros factos da vida do autor, como o seu afastamento forçado da corte, talvez mesmo de Portugal, já que a publicação das suas obras teve lugar em cidades estrangeiras, onde havia comunidades de judeus emigrados. A esta edição de Ferrara seguiu-se a edição de 1557, em Évora, por André de Burgos, e uma terceira, de 1559, impressa por Arnold Birckman em Colónia. Novela sentimental na linha da novelística peninsular que se desenvolveu por influência de Boccaccio, de temática amorosa e cavaleiresca, com fundo bucólico e autobiográfico (como o sugerem os inúmeros anagramas, quer do nome do autor, Binmarder, quer de pessoas das suas relações, como Aónia ou Avalor), nela se encontra presente uma subtil análise psicológica em voz feminina, eco da tradição galego-portuguesa das cantigas de amigo e precursora do romance psicológico moderno. O amor, trágico, alia-se a um sentimento geral de fatalismo e solidão, numa linguagem que se aproxima sugestivamente do coloquialismo, de extrema riqueza rítmica e lírica. Esta novela, cuja designação desde cedo se popularizou como Saudades, veio influenciar claramente a literatura portuguesa, constituindo um fundo sentimental recuperado e reelaborado posteriormente por vários escritores e, nomeadamente, pelos movimentos romântico e saudosista. Bernardim Ribeiro escreveu doze poesias menores incluídas no Cancioneiro Geral, a novela Menina e Moça, que inclui três composições em verso (o vilancete Pera tudo houve remédio, a cantiga Pensando-vos estou, filha e o romance de Avalor), cinco éclogas, a sextina Ontem pôs-se o sol e a noute, o romance Ao longo de ua ribeira, e duas cantigas e outras composições incluídas na edição de Ferrara, em 1554, a cargo de Abraão Usque. O romance Ao longo de ua ribeira, única composição portuguesa inserida no Cancioneiro Castelhano de 1550 (segundo Carolina Michaelis), só apareceu publicado com as obras completas do poeta na edição de 1645
Bernardim Ribeiro #130
Conferência "Diálogos com História e Património" - Bernardim Ribeiro
"A História de Bernardim Ribeiro"
T2 na Rua Bernardim Ribeiro
Saudades: Historia de Menina e Moça by Bernardim RIBEIRO read by Leni | Full Audio Book
O surpreendente Teatro Bernardim Ribeiro, Estremoz
"Historia de Menina e Moça" by Bernardim Ribeiro || OPINIÃO
Veja o VÍDEO: Casa cheia no Teatro Bernardim Ribeiro em Estremoz para ver Portugal a Dançar!
Teatro Bernardim Ribeiro, 100 Anos de Emoções
Portuguese Saudades Historia de Menina e Moca by Bernardim Ribeiro #audiobook
"Um ano de Centenário" Teatro Bernardim Ribeiro, Estremoz
Aula - Menina e Moça
Saudades: Historia de Menina e Moça | Bernardim Ribeiro | Nature & Animal Fiction, Romance | 2/2
Excerto I Concerto Teatro Bernardim Ribeiro
Bernardim Ribeiro
Excerto III Concerto Teatro Bernardim Ribeiro
Dia do Pijama EB Bernardim Ribeiro- Odivelas
T2 Campo Mártires da Pátria (Rua Bernardim Ribeiro)
T1 + Closet - Bernardim Ribeiro
Estremoz: Teatro Bernardim Ribeiro reabre ao público
MARTA ROML | Poemando #17: Bernardim Ribeiro
Saudades: Historia de Menina e Moça | Bernardim Ribeiro | Nature & Animal Fiction, Romance | 1/2
Escola Básica Bernardim Ribeiro - Peça de Teatro
MARTA ROML | Poemando #18: ainda sobre Bernardim Ribeiro
Claudia Santos R Bernardim Ribeiro 202111 RED
Teaser «Encurralados» (Teatro Armando Cortez, Teatro Bernardim Ribeiro, Mostra Portuguesa)
Eu Sou ⚜Gustavo Bernardim Ribeiro⚜ Conhecido como ⚜GUSTAVO609⚜
Mal Aventurado
AMO20161026 Pais da EB1 Bernardim Ribeiro Denunciam Educação Terceiro Mundo
A ópera O Barbeiro de Sevilha marcou presença no Teatro Bernardim Ribeiro n
Hobbit -- A desolação de Smaug -- estreia no Teatro Bernardim Ribeiro em Estremoz
Eu Sou ⚜Gustavo Bernardim Ribeiro⚜ Conhecido como ⚜GUSTAVO609⚜
Eu Sou ⚜Gustavo Bernardim Ribeiro⚜ Conhecido como ⚜GUSTAVO609⚜
Estremoz, o Teatro Bernardim Ribeiro e o fadista José Gonçalez em destaque na Praça da Alegria
Apartamento T2+1 Bernardim Ribeiro
Eu Sou ⚜Gustavo Bernardim Ribeiro⚜ Conhecido como ⚜GUSTAVO609⚜
Eu sou ⚜Gustavo Bernardim Ribeiro⚜ conhecido como ⚜GUSTAVO609⚜
A BELA E MONSTRO estreia junho 2019 Teatro Bernardim Ribeiro
BRANCA DE NEVE - Estremoz - Teatro Bernardim Ribeiro - Nov 2018
Saudades: Historia de Menina e Moça - Bernardim RIBEIRO - [ Free Audio Books - Public Domain ]
Porto I Bernardino Ribeiro
União + Dez4linh4dos
Jorge Goes "Fado novo Fado velho" Estremoz
O Tempo Perguntou ao Tempo
Lion King arr. Hans van der Heide | Sociedade Filarmónica Artística Estremocense
Aladdin arr. Paul Jennings | Sociedade Filarmónica Artística Estremocense
Estremoz Teatro Bernardino Ribeiro
01 Coimbra Menina e Moça – Tert. do Fado de Coimbra (LP "Coimbra … Terra D’Encanto" - 1981 / 1987)
51f044d5 0277 47a7b1 3bc0158fff01 1bd
Zanguizarra Estremoz 06 04 2019

Quem Gosta

Seguidores