95 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85596 visualizações
17 2 2
 

Transição


Esta árvore um dia frondosa,
Vai aos poucos secando,
Já produziu frutos,
Lançou sementes,
Agora vai findando,
Sentindo as folhas caírem,
Os galhos tenros,
Se quebrando.
As raízes outrora tão fortes,
Vão se desprendendo aos poucos,
O tronco se prepara em sua jornada,
Para ao chão dar o último beijo,
Se juntar a outras memórias,
Nas visões que a conceberam.
A seiva vertente entre as estações,
Vão se tornando escassas,
Até se tornarem lágrimas invisíveis,
Exaurindo-se ao vento,
Transmutação natural das coisas.