Pablo Neruda

Pablo Neruda

Pablo Neruda foi um poeta chileno, bem como um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX e cônsul do Chile na Espanha e no México.

1904-07-12 Parral, Chile
1973-09-23 Santiago, Chile
555627
50
889


Prémios e Movimentos

Nobel 1971

Alguns Poemas

20

Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Escrever, por exemplo: "A noite está estrelada,
e tiritam, azuis, os astros lá ao longe".
O vento da noite gira no céu e canta.

Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Eu amei-a e por vezes ela também me amou.
Em noites como esta tive-a em meus braços.
Beijei-a tantas vezes sob o céu infinito.

Ela amou-me, por vezes eu também a amava.
Como não ter amado os seus grandes olhos fixos.
Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Pensar que não a tenho. Sentir que já a perdi.

Ouvir a noite imensa, mais imensa sem ela.
E o verso cai na alma como no pasto o orvalho.
Importa lá que o meu amor não pudesse guardá-la.
A noite está estrelada e ela não está comigo.

Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe.
A minha alma não se contenta com havê-la perdido.
Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a.
O meu coração procura-a, ela não está comigo.

A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores.
Nós dois, os de então, já não somos os mesmos.
Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei.
Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido.

De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos.
A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos.
Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda.
É tão curto o amor, tão longo o esquecimento.

Porque em noites como esta tive-a em meus braços,
a minha alma não se contenta por havê-la perdido.
Embora seja a última dor que ela me causa,
e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo.
Ricardo Neftalí Reyes Basoalto nasceu na cidade chilena de Parral, em 12 de julho de 1904. Sua mãe era professora e morreu logo após o nascimento do filho. Seu pai, que era ferroviário, mudou-se para a cidade de Temuco, onde se casou novamente. Ricardo passou a infância perto de florestas, em meio à natureza virgem, o que marcaria para sempre seu imaginário, refletindo-se na sua obra literária.

Com treze anos, começou a contribuir com alguns textos para o jornal La Montaña. Foi em 1920 que surgiu o pseudônimo Pablo Neruda – uma homenagem ao poeta tchecoslovaco Jan Neruda. Vários dos poemas desse período estão presentes em Crepusculário, o primeiro livro do poeta, publicado em 1923.

Além das suas atividades literárias, Neruda estudou francês e pedagogia na Universidade do Chile. No período de 1927 a 1935, trabalhou como diplomata, vivendo em Burma, Sri Lanka, Java, Cingapura, Buenos Aires, Barcelona e Madri. Em 1930, casou-se com María Antonieta Hagenaar, de quem se divorciaria em 1936. Em 1955, conheceu Mathilde Urrutia, com quem ficaria até o final da vida.

Em meio às turbulências políticas do período entre-guerras, publicou o livro que marcaria um novo período em sua obra, Residência na terra (1933). Em 1936, o estouro da Guerra Civil Espanhola e o assassinato de García Lorca aproximaram o poeta chileno dos republicanos espanhóis, e ele acabou destituído de seu cargo consular. Em 1943, voltou ao Chile, e, em 1945 foi eleito senador da república, filiando-se ao partido comunista chileno. Teve de viver clandestinamente em seu próprio país por dois anos, até exilar-se, em 1949. Um ano depois foi publicado no México e clandestinamente no Chile o livro Canto geral. Além de ser o título mais célebre de Neruda, é uma obra-prima de poesia telúrica que exalta poderosamente toda a vida do Novo Mundo, denuncia a impostura dos conquistadores e a tristeza dos povos explorados, expressando um grito de fraternidade através de imagens poderosas.

Após viver em diversos países, Neruda voltou ao Chile em 1952. Muito do que ele escreveu nesse tempo tem profundas marcas políticas, como é o caso de As uvas e o vento (1954), que pode ser considerado o diário de exílio do poeta. Em 1971, Pablo Neruda recebeu a honraria máxima para um escritor, o Prêmio Nobel de Literatura. Morreu em Santiago do Chile, em 23 de setembro de 1973, apenas alguns dias após o golpe militar que depusera da presidência do país o seu amigo Salvador Allende.
- - - - - - - - -
If You Forget Me by Pablo Neruda | Powerful Life Poetry
Romance and revolution: The poetry of Pablo Neruda - Ilan Stavans
POET, HERO, VILLAIN: The Complicated Life and Philosophy of PABLO NERUDA
Pablo Neruda documentary
Quem foi PABLO NERUDA I 50 FATOS I VRATATA
PABLO NERUDA | Poema 20 - Puedo escribir los versos mas tristes esta noche
PABLO NERUDA - I LOVE YOU Without Knowing How (poem)
Pablo Neruda - Tonight I Can Write The Saddest Lines // Spoken Poetry
CHILE: ALGARROBO, ISLA NEGRA E CASA DE PABLO NERUDA
Tonight I Can Write the Saddest Lines – Pablo Neruda (A Poem for Broken Hearts)
Pablo Neruda - How I Met Your Mother
Pablo Neruda - If You Forget Me // Spoken Poetry Motivational Inspirational Video
PABLO NERUDA - NO CULPES A NADIE
Tonight I Can Write by Pablo Neruda
Tonight I Can Write The Saddest Lines by Pablo Neruda
Keeping Quiet by Pablo Neruda
ഇനിയും ചുരുളഴിയാത്ത നെരൂദയുടെ മരണം | The Mystery Behind Neruda's Death | Pablo Neruda | The Cue
Poesia "Te Amo" [Pablo Neruda]
Saudade | Poema de Pablo Neruda com narração de Mundo Dos Poemas
Biografía de Pablo Neruda | Premio Nobel de Literatura
Poesia "É assim que te quero amor" [Pablo Neruda]
Poesia - "Se você me esquecer" [Pablo Neruda]
Sempre | Poema de Pablo Neruda com narração de Mundo Dos Poemas
Ti Amo ♥ Pablo Neruda
"SEMPRE A MESMA PRIMAVERA" | Pablo Neruda
O Sonho | Poema de Pablo Neruda com narração de Mundo Dos Poemas
Here I Love You ~ Pablo Neruda
Patch Adams (I do not love you)(100 Love Sonnets XVII from Pablo Neruda)
Pablo Neruda: Biografía y Datos Curiosos | Descubre el Mundo de la Literatura
If You Forget Me - Pablo Neruda (Madonna)
Poesia "O Teu Riso" [Pablo Neruda]
PABLO NERUDA - Te Amo (English Translation)
Mulher Não Me Deste Nada | Poema de Pablo Neruda com narração de Mundo Dos Poemas
Deep Meaningful Life Poetry | Pablo Neruda Poem | Spoken Word
PABLO NERUDA. 20 POEMAS DE AMOR Y UNA CANCIÓN DESESPERADA
Pablo Neruda - I Like For You To Be Still
Sabrás que te amo — Pablo Neruda // Poema
Confesso que vivi (Pablo Neruda)
Pablo Neruda - Te Amo
Te Amo - Pablo Neruda
Vinte - Pablo Neruda
Poetry by Pablo Neruda - Poema 20
Pablo Neruda: Forensic experts say Chilean poet was poisoned
💕 Lindo poema de Pablo Neruda - Ainda te necessito (Poesia falada) | Verso que se escreve
PABLO NERUDA Poema 15 Me gustas cuando callas. Por Joan Mora.
Si tu me olvidas - Pablo Neruda - Recitado por Feneté - If you forget me
Poetry: "Clenched Soul" by Pablo Neruda (read by Tom Hiddleston) (12/07)
Façam Silêncio | Poema de Pablo Neruda com narração de Mundo Dos Poemas
Jean Ferrat - Complainte de Pablo Neruda
Vassoler responde: Por que a ditadura chilena envenenou Pablo Neruda?
Dione
querida, as cerejeiras florescem no inverno. na primavera as arvores ficam nuas.....
09/julho/2019
-
lika_pereira
Maravilhosos!
11/março/2019
Maria Célia
Amei o poema.
29/dezembro/2018
Anabil Martins Diniz
Porque não publicar o texto original e, junto, o texto verido para o portugues? Seria mais rico.

11/março/2013
Adriano Moreira/escritor.
Pablo Neruda é simplesmente a essência da mais pura e legítima poesia.Sua alma canta e nos mostra os mais límpidos  sentimentos contidos/incontidos no coração humano.Um ícone! uma voz pujante e delirante no mais doce leito da poesia/biografia/história.Neruda ,a voz que ecoa nas cordilheiras das andes,como sopro divinal e eterno...
19/novembro/2011

Quem Gosta

Seguidores