104 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85547 visualizações
17 2 2
 

Nostalgia


Mágoa sentida embota, 
Tolice das emoções, 
Velado ao fim chora, 
Escondida tristeza gela, 
Penoso fardo averno, 
Cruel destino amedronta, 
Condolência apena aporta, 
Eleva sem dó não amena; 
Pesar vertido amarrota, 
Manando a vida sangra, 
Descuido feito coivara, 
Certo da cinza se vai, 
Perdido em fobias banais, 
Bruto sentir desprezado, 
Mitigo consolo arraigado, 
Igual a folha seca ao chão, 
A desvalida sorte deixada, 
Agitada ao vento do mundo, 
Pelo outono,da árvore banida.