96 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85503 visualizações
17 2 2
 

Tripúdio


Segue o amor uivante, 
Invisível sorrateiro poeta, 
Viageiro confessor de afetos, 
Alienando o coração em seus umbrais, 
Abraseando o juízo evocado, 
Da alma em rascunhos beijando o corpo. 
Segue o amor em seus feitios, 
Abstratos escárnios da carne, 
Deitados em suas camas vazias, 
Pálidos confessionários da noite, 
Trânsito conflito aviltado, 
Em lençóis frios amarrotados, 
Embalsamando patéticos amantes. 
Segue o amor em seus funerais, 
Enterrando seus postiços, 
Inidôneos hipócritas da avidez, 
Sem nome e sem lar, 
Enlaçado ao infortúnio da ilusão. 
Segue o amor em seus nomes, 
Estranheza da porta que se abre, 
Vertendo de si a ironia chorosa, 
Emaranhada de medo, 
Feições póstumas do arrependimento. 

Sirlânio Jorge Dias Gomes(R)