danielacavalheiro

danielacavalheiro

Ainda estou me escrevendo, em versos brutos que hão de ser lapidados pela vida.

1996-10-05 Curitiba - Paraná
3223
7
12

Amado

Amado,
O medo
é nosso fado
482
1

-
albertodecastro
Poema de poucas palavras, mas de uma profundidade imensa. Parabéns.
27/abril/2018

Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores