205 - DIA APÓS DIA, NOITE APÓS NOITE

Dormi: no peito dor, nos olhos pranto,
Sim, como se morresse neste leito.
Nem ontem consegui dormir direito
Sim, como se vivesse por enquanto.

Vou hoje me deitar depois que janto,
Sim, como quase sempre enfim me deito.
E, amanhã me levantarei do jeito,
Sim, como quase sempre me levanto.

Mesmo que o dia seja sem proveito
E a noite seja sem maior encanto,
Andamos juntos no caminho estreito.

Em nome de Jesus, Seu filho santo,
Eu agradeço a Jeová Perfeito
Por nos amarmos mais e amarmos tanto!

(Autor: EDEN SANTOS OLIVEIRA. Escrito para a minha esposa INGRID ROSA em: 22/05/2016)
111
0

Mais como isto



Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores