234 - SEPARAÇÃO

Mulher, não deves mais fazer as malas,
Tão pouco queres mais tocar no assunto.
Não me respondes quando te pergunto:
"Aonde vais? Por quê?" mas só te calas.

Porém, enfim é tudo o que me falas:
"Mas só por cima deste meu defunto!"
Se te sugiro: "Não me levas junto?
Em mim há coisas tuas: vais deixá-las?"

Oh, diz-me adeus e dá-me dois acenos!
Se quiseres voltar serás bem vinda
Com teus pertences grandes e pequenos.

Além da vã saudade, esposa linda,
Deixa-me a simples esperança ao menos.
Leva o meu coração: é teu ainda.

(Autor: EDEN SANTOS OLIVEIRA. Escrito em: 20/01/2019. Inspirado nas tristes estórias de casais que se separaram.)
88
0

Mais como isto



Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores