Cecília Meireles

Cecília Meireles

Cecília Benevides de Carvalho Meireles foi uma poetisa, pintora, professora e jornalista brasileira. É considerada uma das vozes líricas mais importantes das literaturas de língua portuguesa.

1901-11-07 Rio de Janeiro, Brasil
1964-11-09 Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
1746621
125
2799

Pus o meu sonho num navio

Pus o meu sonho num navio
e o navio em cima do mar;
- depois, abri o mar com as mãos,
para o meu sonho naufragar

Minhas mãos ainda estão molhadas
do azul das ondas entreabertas,
e a cor que escorre de meus dedos
colore as areias desertas.

O vento vem vindo de longe,
a noite se curva de frio;
debaixo da água vai morrendo
meu sonho, dentro de um navio...

Chorarei quanto for preciso,
para fazer com que o mar cresça,
e o meu navio chegue ao fundo
e o meu sonho desapareça.

Depois, tudo estará perfeito;
praia lisa, águas ordenadas,
meus olhos secos como pedras
e as minhas duas mãos quebradas.
59847
155


Prémios e Movimentos

Jabuti 1964Jabuti 1997
Marcelo Finholdt
Ah, Cecíllia, ah, Fernando
Seria o máximos os poemas. Mesmo assim, o relato é bom e estranho. (Fofoca literária, via Dra. Mariangela Alonso) Bebedouro-SP meados de 2012
28/novembro/2022
Marcelo Finholdt
...lenda reza também q não era o dia de conhecerem-se.
Deve ter passado ao lado deles e sequer perceberam.
Q pena, seria um encontro maravilhoso.
28/novembro/2022
Marcelo Finholdt
..será que escreveu isso, após e acompanhada com o marido atravessou o mar e, em Portugal o Pessoa apenas deixou uma carta na recepção?
28/novembro/2022
-
henriquezw
Poema sobre a autossabotagem.
07/novembro/2022
Ezequiel
Isso é arte,menor, ARTE
21/abril/2022
Natália
Sou apaixonada nos poemas da Cecília Meireles desde os 12 anos de idade. Esse poema e o da felicidade são os que eu mais gosto.
01/dezembro/2021
vsa
poema lindo e triste. Uma pessoa que enterra o próprio sonho por algum motivo maior... No fim acaba com as mãos quebradas, pois quando se vive sem um sonho, se vive apenas para sobreviver e não viver.
16/outubro/2020
Marcelo Finholdt
Sim! Amo demaaais.
28/novembro/2022
Rachel Galesso
sempre amei este poema
18/abril/2020
claudete
lindo
25/março/2017
-
gosto muito desse poema
03/fevereiro/2012

Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores