Alberto de Oliveira

Alberto de Oliveira

Antônio Mariano de Oliveira, mais conhecido pelo pseudônimo Alberto de Oliveira, foi um poeta, professor e farmacêutico brasileiro. Figura como líder do Parnasianismo brasileiro, na famosa tríade Alberto de Oliveira, Raimundo Correia e Olavo Bilac.

1857-04-28 Palmital de Saquarema, Rio de Janeiro, Brasil
1937-01-19 Niterói, Rio de Janeiro, Brasil
168274
3
1702

Horas Mortas

Breve momento após comprido dia
De incômodos, de penas, de cansaço
Inda o corpo a sentir quebrado e lasso,
Posso a ti me entregar, doce Poesia.

Desta janela aberta, à luz tardia
Do luar em cheio a clarear no espaço,
Vejo-te vir, ouço-te o leve passo
Na transparência azul da noite fria.

Chegas. O ósculo teu me vivifica
Mas é tão tarde! Rápido flutuas
Tornando logo à etérea imensidade;

E na mesa em que escrevo apenas fica
Sobre o papel — rastro das asas tuas,
Um verso, um pensamento, uma saudade.

7216
3


Prémios e Movimentos

Parnasianismo
Tomema sturbando
Muito impressionante como esses poetas tinham criatividade para fazer poemas tão lindos e perfeitos com uma sensibilidade e escolhas de palavras tão bonitas
22/novembro/2023
Aldo ferreira
Verdade concordo ainda mais q eu gosto muito de matemática
22/novembro/2023
helo
que povo triste
02/março/2023
richard
impressionante como estes poetas parnasianos tinham tempo para escrever poesia de linguagem tão robusta
02/março/2023
Fulano
Depois de escrever o poema ele saiu da sala para chicotear o pobre escravo dele que derrubou um pires da mesa sem querer.
09/julho/2023
luana
amei
02/março/2023

Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores