Vinicius de Moraes

Vinicius de Moraes

Vinícius de Moraes, nascido Marcus Vinicius de Moraes foi um diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta e compositor brasileiro.

1913-10-19 Gávea, Rio de Janeiro, Brasil
1980-07-09 Rio de Janeiro, Brasil
1199912
120
2957

Soneto de Fidelidade

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Estoril, outubro de 1939

32180
216


Prémios e Movimentos

Jabuti 1994
-
mr_perdo
sem dúvida alguma é meu soneto favorito. Perfeição!!!
29/maio/2021
Val
O melhor poema que já ouvi até hoje..Demais!!
24/setembro/2012
-
joao_euzebio
Este poeta é o máximo este soneto nos leva a perfeição daquilo que nossos sentimentos procuram e só se chega a ele através dos sonhos da realidade de nosso dia a dia à como eu queria ter escrito isso Vinicius.
16/março/2012
paulinha
vinicius de moraes e o poeta que mais admiro e o soneto de fidelidade e um dos poemas que guardarei para sempre....
11/janeiro/2012
luiiz_kininho@hotmail.com
que poeta glorioso,que poema especial,tratar do amor,,de tal forma tao especial!

24/junho/2011
-
Alexandre Rama
Isso que é verdadeiramente arte!
23/junho/2011
-
Eu
e a melhor parte de ter um site destes é ter aqui quem sente o que sinto
14/abril/2011
itamar
a melhor parte de ler um belo poema , é sentir ele entrando na alma
14/abril/2011
Natália Busch
Meu poema favorito, ja cansei de decora-lo e redecora-lo.
28/março/2011

Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores