108 online
Clara
Escura
Português
Español
English

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)

Sirlânio Jorge Dias Gomes (R)
Ver Perfil - sirlanio2017
Nasceu a 14 Abril 1972
(Minas Gerais)
Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebem.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)
85537 visualizações
17 2 2
 

Desprendimento


De tudo que vivi, 
Fui o que me deste, 
No imperfeito amor, 
Espinhos em flor, 
Noites sem lua, 
Dias sem sol. 
Em todas as estações, 
Percebi a grandeza de si, 
Esmero das emoções, 
Olhar altivo da beleza, 
Simplicidade do querer, 
Ardendo de cumplicidade. 
Teu perdão me tocaste, 
Em cada perda mim, 
Entremeios do existir, 
Dialogando a verdade, 
Ruídos da tempestade, 
Vozes de chuva, 
Brincando com o vento, 
Entre as trovoadas, 
Iluminando as trevas. 
Quando partirmos, 
Levaremos a paixão, 
Desejos em eternidade, 
Perdão iluminado,
Tantas vezes doado, 

Sob sorrisos e lágrimas, 
Exequível dever consentido.