Luciana Souza

Luciana Souza

Sou tão pequena que... O que percebo não cabe em mim, então, devolvo parte pro papel.

1971-02-11 São Paulo
19238
2
20

Conto


Delicados traços de tinta
Numa tela fresca e viva
Tão diversos os caminhos
Somos como locomotivas
Sopramos morno vapor ao vento

O que em mim tem dessa tinta
É o que me pergunto
De tempos em tempos
E a luz que nunca finda
Ilumina meus pensamentos

O que tenho nas mãos
Senão a mim mesmo
O que posso contar
Senão a minha história
Miro a tela da vida
Rabisco minhas memórias
547
2

Mais como isto



Quem Gosta

Quem Gosta

Seguidores