vinicius rosa dos santos

vinicius rosa dos santos

terminei o ensino medio,servi o quartel,fiz curso de administração.amo o cinema,gosto de tudo o que ha na galaxia,escuto de tudo e qualquer tipo de musica,comecei a escrever e isso me libertou e trouxe felicidades a alma.

1989-03-16 santa maria,rio grande do sul
24435
0
2

sergioricardo
Reparou como você mapeou aquilo que você tem e aquilo que você quer? A respeito do segundo grau escolar, a única verdade é que a escola brasileira se trata de um sistema de empurrar para longe para que o pobre coitado se vire por conta própria, a escola se baseia em que nada se aprenda além do treinamento básico para o arremedo universitário, mas quais entre os brasileiros foram ajudados por qualquer escola a realmente pensar? Não existe formação de alunos, nem de professores, nem de profissionais, mas de papagaios. Assim sendo, não leve a serie escolaridade, muito faculdade de letras, se você cismar de fazer letras, o máximo que conseguirá após algum tempo será a habilidade de um pintor cartazista e pintar faixas será toda a profundidade do seu saber ‘letrístico’ para além da mera papagaiada minguada. Se filosoficamente, das primeiras grandes descobertas foi o ‘diga-me com quem andas’ e considerando o que produzem os inteligentes do Brasil e o que têm oferecido (qual o grande poeta, qual o grande romancista, qual o grande qualquer coisa que tenha surgido por aqui nos últimos 50 anos?), quanto mais longe permanecer longe destas panelas, mais terá a ganhar. Enriquecer a escrita? O que enriquece a escrita, é a leitura. E isto não depende de estruturas, ou vantagens externas, basta consultar o que já está ao redor. Pois bem, a gramática e a ortografia têm que ser um compromisso primordial: não se faz bolo sem farinha, portanto. Mas tal não depende do mundo. Depende de uma tática muito individual. Além é claro da velhice adquirida dia após dia. Há uma única saída para todos: aprender a não mentir para si mesmo, por mais difícil que seja. E por fim, uma certeza que você pode ter: você é genuinamente um poeta, pois tudo o que você descreve como querendo ser é exatamente aquilo que você sabe que deve atingir — como a pedra da qual se deve remover tudo aquilo que não é a estátua depois de terminada.
06/novembro/2017
-
mvnobrega
acesse meu site amigo: www.segredosdosonho.com.br
29/outubro/2017
sergioricardo
Meu prezado camarada, Vou resumir o que apreendi lendo o que você já publicou por aqui: 'Vossa Senhoria', trata-se de um diamante na latência do estado bruto, o que também por eu aludir ao 'ter jeito com as palavras', eu diria que 'V.Sa.' é que tem bastante. Mas olha, há alguma coisa, que eu não vou dizer, que VOCÊ VAI ter que passar a observar! Embora, muito mais do que isso já possua como um dom: incríveis imagens espontaneamente lançadas nas páginas, um verdadeiro espírito altamente lírico! E isso, não é para qualquer um, é um grande (ao menos, ótimo) talento inato. Assim sendo, como diamante em estado bruto que é, cabe-lhe retirar da sua pele de pedra preciosa, aquilo que tem que ser aprendido. De resto, poder ter certeza de duas coisas, primeiro e mais interessante, há um caminho bom para você na escrita, embora escrever não seja nenhum item de importância em um país de gente estupidificada como o nosso: para que escrever, se não há quem leia, sequer quem realmente compreenda o pouco que lê. Segundo, diz que escuta de tudo e qualquer tipo de música e começou a escrever (cuidado, há tipos de músicas que causam lesões e após, atrofias no cérebro). Ora, ouvir o fará um OUVINTE. Para ser um ESCREVENTE terá que adicionar à formula: LIVROS. ALTA LITERATURA, acima de tudo. Por fim, obrigado pelo seu comentário. Espero não o ter chocado com o meu.
17/outubro/2017

Quem Gosta

Seguidores